sexta-feira, 31 de julho de 2009

6 Piadas de sogra

Pedido Desesperado

Um homem pega o telefone e liga desesperado:

— Socorro, a minha sogra quer se suicidar... Ela quer se atirar da janela!

O homem do outro lado diz:

— Tá, mas o senhor errou o número... Aqui é da carpintaria!

— Eu sei! É que a janela não quer abrir!

Jerusalém

O marido ganhou (num sorteio) três passagens para Jerusalém. Pediu alegremente à mulher para arrumar as malas e ligou para convidar a mãe dele para ir junto. E começou uma discussão. A esposa queria levar a mãe dela. No fim da briga, ele concordou em levar sogra (a mãe dela). Em Jerusalém, visitando o local onde Cristo foi enterrado e ressuscitou, a sogra se emocionou demais, passou mal e rapidamente faleceu. O marido perguntou quanto custava o enterro em Jerusalém, e lhe disseram que seria mil reais. Perguntou quanto custava mandar o corpo para o Brasil e soube que, com transporte aéreo e tudo, ficaria por vinte mil reais. O MARIDO DECIDIU ENTÃO MANDAR PARA O CORPO PARA O BRASIL. Os judeus e a esposa ficaram surpresos demais. - Por que mandar para o Brasil, se é 20 vezes mais caro? O marido respondeu: - Tenho muito receio. Aqui em Jerusalém vocês já tiveram o caso de alguém que morreu e ressuscitou. Prefiro não arriscar.

Quem é pior? Policial ou Sogra?

O guarda manda o sujeito parar o carro. - Seus documentos, por favor. O senhor estava a 130km/h e a velocidade maxima nesta estrada é 100. - Não, seu guarda, eu estava a 100, com certeza. A sogra dele corrige: - Ah, Chico, que é isso! Você estava a 130 ou mais! O sujeito olha para a sogra com o rosto fervendo. - E sua lanterna direita não está funcionando... - Minha lanterna? Nem sabia disso. Deve ter pifado na estrada... A sogra insiste: - Ah, Chico, que mentira! Você vem falando há semanas que precisa consertar a lanterna! O sujeito está fulo e faz sinal à sogra para ficar quieta. - E o senhor está sem o cinto de segurança. - Mas eu estava com ele. Eu só tirei para pegar os documentos! - Ah, Chico, deixa disso! Você nunca usa o cinto! O sujeito não se contém e grita para a sogra: - CALA ESSA BOCA! O guarda se inclina e pergunta à senhora: - Ele sempre grita assim com a senhora? Ela responde: - Não, seu guarda. Só quando ele bebe.

Sogra morta


Tinha um homem preocupado e outro homem passando
e perguntou:

- Porque você esta preocupado?

E o outro respondeu:

- É que eu estou preocupado porque a minha sogra
morreu e eu não sei se eu vou para o trabalho
ou o enterro...

E o outro responde:

- É claro que você vai ao trabalho, porque primeiro a
Obrigação depois o divertimento.

A sogra agredida


O homem explica ao delegado o drama que viveu:

- Pois é doutor, minha mulher pediu pra levar minha sogra às compras. Eu estava caminhando a pé com ela, numa travessa pouco movimentada quando apareceu esse rapaz, que deve ser um drogado ou vândalo e começou a bater na minha sogra sem qualquer motivo aparente. Ele bateu até minha sogra caiu no chão e mesmo com ela caída continuou chutando!

- O rapaz estava armado?

- Não, doutor!

- Era forte?

- Até que era meio raquítico, mas minha sogra já é idosa!

- Eu não consigo entender - disse o delegado, indignado - como é que o senhor, ao ver um homem agredindo a sua sogra, pôde permanecer de braços cruzados!

- Pois é, doutor! Eu até que estava com vontade de fazer alguma coisa, mas...

- Mas, o quê?

- Achei que dois caras batendo numa velhinha seria muita covardia!

Pequeno engano

Ao chegar tarde em casa, o marido, com medo de levar uns gritos, foi chegando devagarinho por baixo dos lençóis, alisando as pernas da mulher até chegar ao seu ponto de prazer fazendo um demorado sexo oral.
Terminando a sessão de desculpas, ele foi ao lavatório e encontrou um bilhete:
- Querido, estou dormindo no quarto das crianças pois minha mãe chegou de viagem à noite e cedi nossa cama para ela dormir.


Nenhum comentário:

Postar um comentário